sexta-feira, 5 de maio de 2017

Prefácio de uma época

Por esta altura o mais interessante para um adepto do Sporting, para além de seguir a carreira final do Futebol feminino e as fases finais de várias modalidades e escalões de formação, é mesmo entender como vai ser montado o próximo plantel.

Aguarda-se que as lições tiradas esta época produzam efeito quanto antes, destaco apenas as principais:

1/ não podemos esperar (tanto) pelas vendas para investir. O arrastar das negociações de Slimani e João Mário foi das piores ocorrências na preparação desta época.

2/ é preciso muito mais talento nas faixas, sobretudo na defesa. Jefferson parece chegado ao fim da linha. Schelotto e Marvin precisam de alternativas bem sérias.

3/ não verdadeiramente um suplente de Dost, nem sequer um jogador que encaixe (com segurança) num modelo de dois avançados, esta época o 4-4-2 do Sporting foi inexistente.

4/ JJ parece apostado em reforçar os centrais, mas a verdade é que o quadro parece completo com a entrada de André Pinto, apenas a saída de Paulo Oliveira pode abrir uma vaga e veremos que tipo de reforço o poderá substituir.

5/ Adrien e William Carvalho estão no "ponto" para boas transferências. O mercado de ambos os jogadores pode estar a atingir os máximos e não restará ao Sporting muito que fazer além de elevar os valores de uma venda. Para os seus lugares, o Sporting não tem (na minha opinião) valores prontos a serem titulares de caras. Apostaria em Palhinha e Geraldes como 2as soluções (mas JJ não parece partilhar do meu feeling, sobretudo na posição do 2º).

6/ Gelson Martins é um ala de excepção, mas a verdade é que Bryan Ruiz não foi este ano a solução que se esperava. Adiou-se demasiado a entrada de Matheus e Geraldes (apesar das palavras de JJ) ainda não foi testado na tal missão de emular João Mário. Com a saída de Markovic e sobretudo Campbell, abre-se uma vaga para competir com Bruno César na próxima temporada.

Em resumo, são várias questões por resolver, que acredito serem centrais para a planificação de 2017/18. A forma como o Sporting as abordar e sobretudo o scouting que for implementado poderá ser decisivo para subir uma fasquia competitiva que baixou bastante este ano. Tempo, dinheiro, o playoff de acesso à CL, a limpeza de uma folha salarial repleta de jogadores que todos sabemos que JJ não vai usar, há muito trabalho a fazer e como todos sabemos, o tempo não espera.

SL

20 comentários:

  1. O Slimani ia sair e nada se arrastou. Aliás, foi por isso mesmo que temos Agora o Bas Dost.
    O João Mario era uma duvida, assim como os restantes "Europeus".... aliás, o Adrien esteve muito perto da saida.
    Com essas coisas nunca sabemos o que vai acontecer.... ainda para mais quando não-empresarios (Mendes, esta é para ti) andam a vender os nossos jogadores a todos os clubes que lhes aparecem à frente.

    O falhanco esta epoca teve um nome de relevo: APAF. Sem os roubos a equipa teria conseguido dar a volta, e mesmo com jogadores mais duvidosos estariamos na lideranca.... comparem estar na lideranca com estar a 10 pontos do topo e percebem bem do que falo.

    A equipa andou a jogar mal desde o inicio. Não foram jogadores individualmente, mas todos. Passes sem nexo, não rematar à baliza, perdas de bola parvas... etc. Temos de melhorar isso.

    ResponderEliminar
  2. A teoria do JJ de que joga em 4-4-2 dá-me vontade de rir. Jogou de vez em quando assim no SCP a época passado com Teo e Slimani, porque chamar aos Ruizes avançados, para mim é deprimente. O Bryan faz(ia) bem a função de construtor/extremo, rodando com o João Mário. Este ano, sem o Pantufas, acho que se ressentiu imenso disso, para além de claramente em níveis físicos não ser o mesmo.
    Espero que a nível de centrais o SCP não desperdice dinheiro, estamos bem com o que já temos, 4 jogadores bem experientes e de qualidade. A nível de vendas, acho que chegou mesmo a hora pelo menos do Adrien. Porque já não é tão novo como parece, e porque não vale a pena correr o risco de "estragar" (mais) a relação. Quanto ao William, só se for mesmo irrecusável, visto que ainda tem 25 anos. De resto, é despachar o Jefferson, para suplente o Zegelaar serve bem, e arranjar no mínimo um bom lateral esquerdo, idealmente um esquerdo e um direito.
    Quanto a avançados, um BOM avançado dava jeito, quer para dupla com o Bas Dost (parao 4-4-2 imaginário do JJ...), quer para alternativa. Honestamente, acho que o Castaignos pode ser salvo (ou então o Spalvis, se estiver bem), de resto, com Podence, Iuri, Matheus, Gelson, Bruno César, Bryan, Alan Ruiz...chegam bem para as duas posições de extremo/ala e segundo avançado/construtor. Aliás, olhando para esta lista, haja fartura de talento potencial e também de qualidade já confirmada.
    SE Adrien ou William sairem, claramente é preciso um médio. No caso de Adrien, saindo este, é preciso um craque, não é qualquer um que faz aquela posição com a classe do capitão. No caso de William, Palhinha faz bem a função de destruidor (diria talvez até melhor, por exemplo no jogo aéreo ou a encostar aos centrais), mas a nível construtivo, bem, não há milagres. Tão bem que caia no nosso Sporting um 4-3-3....especialmente se um ou os dois craques do meio campo sairem.
    4-3-3 pra mim, se saíssem os dois:
    Patrício/Beto

    Galgo/DD Coates/Pinto Paulo/Rúben DE/Zegelaar

    Palhinha/MDC (Petrovic? não tem estado mal...)

    Geraldes/B César/B Ruiz MC/Slavchev (ótima época)

    Gelson/Iuri/A Ruiz Podence/Matheus

    Dost/PLC/Castaignos

    ResponderEliminar
  3. Só corrigiria um par de coisas:

    Por um lado, Schelotto e Marvin precisam de passar a ser eles as alternativas, pois precisamos de dois laterais titulares com capacidade ofensiva forte, tão importante no nosso campeonato.

    Por outro lado, acho que Ryan Gauld tem de ser considerado como uma alternativa real para a posição 8, independentemente da saída ou não de Adrien. A sua qualidade está quanto a mim acima de qualquer suspeita, e temos ali um Modric em potência. Quanto a geraldes, parece-me que p seu destino mais feliz neste modelo do jj será a fazer de João Mário como falso ala, embora em jogos mais fáceis também possa jogar a 8.

    De resto estou de acordo com tudo.


    Um abraço e SL

    ResponderEliminar
  4. Os laterais parece-me óbvio que o Schelotto e o Marvin devem ser as alternativas aos titulares, qua ainda estarão por vir (esperamos nós). No meio campo precisamos de uma alternativa real ao Adrien. Um 8 de grande qualidade, que possa fazer as vezes do Adrien caso este saia, não vai ser fácil, mas parece-me demasiado importante para ser deixado para o fim como aconteceu no verão passado, com a contratação do Elias à pressa.
    Comecei a temporada com alguma esperança que o Bruno Paulista ganhasse algum espaço, mas não sei o que se passou...ele tem bastante qualidade, mas algo se passará para ter sido afastado...infelizmente.

    ResponderEliminar
  5. Atenção que antes de começar a pensar na próxima época convém pensar nos jogos que ainda faltam. O SCP já tem o 3º lugar garantido e pode chegar ao 2º, pois o FCP está pressionado a ganhar para chegar ao topo e para não ser apanhado.

    ResponderEliminar
  6. Para colmatar as posições de alguns jogadores que irão sair, o Sporting tem muitos internos emprestados para olhar, mas existe um rapaz que o Sporting podia tentar. É Bertrand Traoré. Está atualmente emprestado ao Ajax pelo Chelsea. Jogador novo (faz 22 anos em Setembro) já tem jogos europeus (Champions, e principalmente na liga Europa com o Ajax) é esquerdino, e tem muita qualidade. Podia ser um bom reforço. Que acham ?

    ResponderEliminar
  7. Bom post Javardeiro! Concordo com grande parte dele.

    Acho que para a próxima época há muito talento para aproveitar. Não nos podemos dar ao luxo de não apostar/começar a lançar Francisco Geraldes, Matheus, Ryan Gauld, Gelson Dala e Podence. Estes jovens tem der olhados com muita atenção por JJ!

    Voltar a chamar Iuri e Jonathan Silva. André Geraldes, na minha opinião, é mais jogador que Schelotto (caríssimo para o que joga!) e serve para suplente.

    Vender Bryan Ruiz, Jefferson, Marvin. Despachar/vender muitos dos emprestados, sem qualidade para representar o Sporting.

    Investir bom dinheiro em 2 laterais (esquerdo e direito) com qualidade e num avançado (sombra para Bas Dost) é para mim fundamental! Num médio se Adrien ou William sairem. Também acredito que pelo menos um deles saia para um campeonato melhor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esquece a venda do Bryan...é "o" fetiche do JJ

      Eliminar
  8. O plantel do Sporting desta época foi muito mal construído. O dinheiro gasto em jogadores como Elias, Petrovic, Meli, Douglas, Markovic, Joel, André (não refiro Castaignos pois não pode mostrar serviço em condições favoráveis) que se mostraram reforços inúteis, facilmente substituíveis por valores jovens da formação como se viu após Janeiro, poderia ter sido alocado para a contratação de um jogador que claramente viesse acrescentar algo e fazer a diferença, como foi o caso de Bas Dost. Gastar por gastar, em jogadores que não elevam o nível da equipa titular no imediato e cuja margem de progressão é duvidosa, não faz qualquer sentido e esse tem sido um dos grandes problemas das direcções do Sporting. O dinheiro perdido nestes negócios é absurdo (transferência, prémio de assinatura, salário) quando somamos a contribuição de todos os jogadores.
    Relativamente à próxima época, penso que as lacunas nas laterais são as mais evidentes. A quantidade de golos sofridos que tiveram contribuição directa - por erros básicos - dos laterais é assustadora (veja-se o jogo que perdemos 2-1 na Luz). O nosso melhor lateral, que não tem qualidade para ser titular regular numa equipa que queira ser campeã e ter boas prestações na Europa (até ver) é o Esgaio, que tacticamente coloca qualquer um dos outros no bolso. Schelotto tem muitas dificuldades no último terço, apesar de ultimamente até ter feito algumas assistências, e é muito pouco inteligente a perceber o que se está a passar ao seu redor; Jefferson arrasta-se dentro de campo e defensivamente é o que todos sabemos; Marvin tem todo o potencial para ser um bom lateral mas revela pouca inteligência ao nível das decisões e uma irregularidade tremenda. Em que jogadores apostar, já no clube ou não, é uma decisão que deve ser JJ a tomar porque é ele quem trabalha com o plantel mas, falando apenas do que temos "em casa", Pedro Empis e Jonathan Silva são dois jogadores que podem merecer uma oportunidade. Relativamente às outras posições, o mais importante é reforçar-mo-nos com um extremo esquerdo que eleve a qualidade de jogo para outro patamar e um avançado com alguma margem de progressão, pois sou da opinião que Alan Ruiz tem potencial para fazer uma boa época e Podence se tem revelado um jogador bastante capaz (poderá, ou não, ser o Spalvis).
    Nas outras posições penso que estamos bem servidos e se as contas estão tão bem consolidadas quanto se fala, não há necessidade de vender a não ser que os jogadores façam força para tal - uma boa prestação na Champions (chegar à fase de grupos e 3 vitórias) permite não só um encaixe financeiro assinalável e a possibilidade de amealhar mais nos oitavos ou nos dezasseis avos da Liga Europa, mas também prestígio ao clube e jogadores. Não percebo a contratação de André Pinto, mesmo sendo um bom jogador não é claramente melhor que os 3 que têm assumido o eixo central da defesa este ano, mas espero que me surpreenda. No meio campo não vejo necessidade de reforços a não ser que hajam mexidas, tanto Palhinha como Geraldes são boas alternativas (apesar de JJ até agora não gostar muito da ideia de Geraldes a 8 e ser ele quem faz a equipa, portanto diria que podemos esperar um reforço para essa posição) e há ainda o Bruno César que tapa todos os buracos com alguma qualidade. Nas alas temos o problema à esquerda, daí que tenha referido o extremo. Acredito que Bryan Ruiz com tempo para "limpar" a cabeça no Verão poderá fazer uma boa época a vir do banco com toda a sua calma e classe; Iuri e Matheus também começam a justificar aposta, mas é difícil apostar em todos e querer lutar por títulos imediatamente. Por fim, no ataque também não vejo necessidade de grandes mexidas se o Alan Ruiz puder fazer uma pré-época sem problemas e ganhar o ritmo de jogo que necessita para estar em forma. Vamos ver como será a pré-época de quem regressa dos empréstimos e de alguns que estão na equipa B, quem sabe não aparecem grandes reforços com foi o caso de William há 4 anos.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou ter de tirar um break para entender a diferença entre o que dizes e o que JJ quer fazer

      Eliminar
    2. E o gauld... ��

      Sporting sempre!

      Eliminar
  9. Não sabemos se jogadores essenciais desta equipa, Patricio, William , Adrien , Dost, Gerson, sairão porque os 3 primeiros já tinham muito mercado e os 2 últimos passaram a ter.

    William é o que aparentemente pode render mais, por isso está na hora de ser vendido. Adrien teve mais uma vez uma quebra de lealdade para com o Sporting e mediante uma boa proposta também deverá seguir. Os restantes 3 só deverão sair mediante uma proposta bombástica porque caso contrário não há razões para o Sporting abdicar deles.

    Outras vendas, Jefferson já perdeu o gás há 2 épocas. Tem de sair. Tinha mercado na Rússia.
    Marvin é um jogador ultra faltoso e abre a ala com uma facilidade assustadora. Tem mercado em Inglaterra.
    Bryan Ruiz perdeu influência na equipa e podera ainda trazer algum retorno financeiro. Julgo que também só tem mais um ano de contrato.
    Castaignos é uma carta fora do baralho. Não conta para JJ.
    Depois há Douglas, Petrovic, Helton, Slavchev, Azbe, tudo jogadores que podem ser rentabilizados de alguma forma.

    Eu suma, eu apostaria num plantel composto por:

    Patricio, Beto, Pedro Silva (equipa b)
    Schelotto, DD a comprar, Coates, Semedo, Paulo Oliveira, Andre Pinto, Jonathan Silva, DD a comprar (insuá?)
    Palhinha, trinco a comprar, Geraldes, Bruno Cesar, Gelson, Iuri, Matheus, Podence, Alan Ruiz, Extremo a comprar
    Dost, Spalvis, Dala.

    Na minha opinião, compras muito cirúrgicas e de verdadeiras trutas para DD, DE, Trinco, Extremo Esquerdo.
    Gostava que Chaby, Walyson e Gauld tivessem oportunidade de se mostrar na pre época.

    ResponderEliminar
  10. Acho que não é preciso mexer muito no esquema/estrutura da equipa para se conseguir fazer algumas massas e (juntando a formação) compor o plantel com os laterais e avançados necessários.
    Ora do meu ponto de vista,
    -20M Patrício (com muita pena), 15M já ofereceram e o BdC consegue mais. O Beto não é igual mas acho que dava um bom substituto.
    -15M em dispensáveis/formação faz melhor
    Marvin, 3,5M já foram oferecidos para a champioship em Janeiro
    Jeferson
    Ewerton. Está a fazer um bom campeonato na Alemanha
    Douglas
    Castagnos
    Teo
    E Adrien 30M (ou é agora ou não valerá muito dinheiro no futuro), este sim o único em que a sua substituição é mais difícil e sem ele a forma de jogar é realmente alterada.
    Ou seja entrariam +ou- 65M para alguns bons reforços e dinheiro para abater passivo. E isto sem grandes mexidas na forma de jogar e ainda mantendo os Williams, Dosts, Gelson, etc
    SL

    ResponderEliminar
  11. Ora bem,

    1- secar plantel. Jug, jeff, douglas, bryan, campbell, castaignos e as paletes de emprestados.

    2 - Enquadrar geracao de ouro.semedo, gelson, Palhinha, geraldes, gauld, matheus, iuri, podence e dala.

    3 - contratar mais valias. Jogadores maduros, ambiciosos, competitivos. Para elevar o nivel da equipa e ajudar a potenciar as perolas da academia. Um lateral para cada lado, box to box de categoria e avancado agressivo, movel e finalizacao.

    4 vender william e realizar capital.

    E perfeitamente possivel fazer um plantel de 25 jogadores, mais barato que o actual, tremendamente melhor, nesta filosofia. Que seria um filao de ouro para os proximos 2 anos. Haja contencao e assertividade no mercado.

    Sporting sempre!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na verdade tb vendia marvin e schelloto. Conseguimos uns 5 milhoes e ja da para um dos laterais. Tem e que se ser certeiro nos 2 titulares a contratar. Andre geraldes e esgaio sao boas solucoes de rotacao de plantel. E ainda ha cesar para uma emergencia.

      Sporting sempre!

      Eliminar
  12. O objetivo é ser campeão nacional. Tem de ser. Para isso serão precisos na minha opinião dois laterais, um médio box to box e um extremo de qualidade.

    ResponderEliminar